segunda-feira, 24 de abril de 2017

O QUE GIRLBOSS REALMENTE NOS DIZ


ESSE TEXTO ESTÁ LIVRE DE SPOILERS DE QUALQUER TIPO SOBRE A SÉRIE GIRLBOSS DO NETFLIX E O LIVRO DE MESMO NOME. 

Eu ia fazer uma resenha sobre  Girlboss, a nova série do netflix, mas acabei me pegando mais envolvida nas polêmicas que a série vem causando. A internet parece dividida entre idolatrar a série pelo que ela é e criticar pelo que ela não é. Mas antes de falar sobre os pontos, vamos falar sobre do que se trata Girlboss.

Girlboss é a representação de praticamente 99% das pessoas dentro do mercado da moda. A Sophia não é nada mais, nada menos que uma menina arrogante, egocêntrica e que usa da fachada "rebeldia"para tratar mal e humilhar os outros a seu bel prazer. Sim, ela é bem escrota (assim como a maioria dos grandes nomes da moda atualmente também são - inclusive o amado por todos, Karl Lagerfeld). Mas ela também foi dona de uma sacada genial de negócios. Essa onda vintage que vivemos hoje, de retomar principalmente peças dos anos 70, 80 e 90... devemos a Sophia. Ela foi um grande marco dentro do empreendedorismo digital da moda independente de sua péssima personalidade. E o que a fez famosa não foi sua atitude, não foi seus privilégios (eles ajudaram, não vamos negar. O fato dela ser magra e se encaixar nos padrões sem dúvidas abriu portas pra ela), não foi sorte. Foi a sua ideia. Ela teve uma capacidade criativa de criar algo muito diferente e que naquela época simplesmente não existia. Ela pegou um conceito da moda e reinventou um significado pra ele. Remodelou peças e assimilou nelas seus estilo próprio, além do próprio estilo da época. E por isso ela fez sucesso. 



Quando a gente relembra quais eram as grandes lojas do Ebay naquela época, a gente entende exatamente o porquê da Sophia ter feito tanto sucesso. Todas as lojas ofereciam basicamente as mesmas coisas, do mesmo jeito e possuíam o mesmo conceito. Já a Sophia era tão diferente que todos os outros se sentiram incomodados com ela. E até hoje: quando isso acontece, a pessoa se destaca. E principalmente se você trabalha no meio artístico (seja ele da moda, do design, das artes, do cinema...) você vai entender o que eu estou falando: inovar é muito importante. Não foi a atitude de Sophia que levou ela até lá. Foi a sua ideia. 

Por ser uma ideia única, também era facilmente encontrada pelas pessoas. E quanto mais pessoas encontram e gostam, mais pessoas acessam. Foi basicamente isso que fez com que ela chegasse onde ela chegou. 

Ninguém quer ser a Sophia. A Sophia é uma pessoa que simplesmente não respeita ninguém, além dela mesma. Nem mesmo as pessoas que mais a apoiaram ao longo do caminho. Além disso ela é mimada e infantil em diversos pontos da série. As pessoas querem ser ricas como ela, querem ter a fama que ela ganhou e acima de tudo querem criar algo marcante como ela criou. E de fato: ela criou algo impressionante. Não vamos tirar o mérito dela (por mais que ela não mereça). 

E para entender a personagem de Girlboss, primeiro é importante entender a pessoa por trás dela. A séria não é algo inventado, é real. As situações demonstradas na série realmente aconteceram, as atitudes interpretadas nada mais são que lembranças da própria Sophia Amoruso, CEO da NastyGal. A personagem precisa ser nojenta. Porque ela é nojenta. Mas não confunda as coisas: ela não ficou famosa porque ela foi nojenta. Ela apenas era assim. 



É preciso que vocês entendam que: uma atitude ruim não abre portas. Uma boa ideia abre portas. Mais ainda: uma ideia que vá gerar muito dinheiro, abre muitas portas. E isso é reflexo da sociedade que a gente vive: bastou que Sophia abanasse algumas dezenas de notas de cem dólares que as pessoas basicamente faziam tudo que ela queria. Essa é a definição pura e simples do capitalismo, quanto mais dinheiro você tem, mais status e mais liberdade para fazer o que você quer. A medida que ela descobre o que ela tem que fazer e passa a ganhar dinheiro com isso, as coisas simplesmente começam a dar certo. 

Eu li uma vez, uma frase que nunca fez tanto sentido para o mundo que a gente vive: dinheiro gera dinheiro. Por isso pobres continuam pobres e ricos continuam cada vez mais ricos (e veja bem, não disse que o fato do pobre continuar pobre é por culpa dele, apenas disse que ele continua pobre por não ter dinheiro para investir em si e assim gerar mais dinheiro - o porquê do pobre nunca evoluir já é assunto pra outro post e não tem nada a ver com meritocracia, envolve muito mais que isso). O nosso sistema econômico permite isso, é por isso que diariamente nós vemos a presença de pessoas assim na mídia. Quer um exemplo? Que tal a Sasha como estilista da Coca Cola? 

Você sabia que a Sasha não é nem formada em Design de Moda? Aliás, ela não é nem estudante. Ela literalmente deu uma entrevista afirmando gostar de moda e isso foi o suficiente para que ela fosse convidada a estilizar a nova linha de roupas da marca, poucos meses depois após a entrevista. 

Por quê?

Por que ela tinha talento? Não! Porque ela tinha dinheiro. E status. E fama. E atualmente se você tem um, você tem os outros também (haja vista as Kardashians, Paris Hilton, etc). A partir do momento em que a Sophia passou a ganhar cerca de $500 por peça vendida no Ebay, ela também passou a ter acesso a toda uma nova gama de possibilidades dentro da sociedade. 



A Sophia de fato criou algo muito difícil: criar uma empresa do zero e fazê-la dar (muito) certo. Se espelhem nela pela sua criatividade e sua capacidade de criar algo novo em meio a tantas coisas já batidas e existentes. Mas não idolatrem a sua atitude. Ela, de fato, é muito egocêntrica, egoísta, não tem o mínimo de empatia com os outros, é extremamente arrogante e rude desnecessariamente e com pessoas que não tem nada a ver com os problemas dela. Encarem a série do Netflix como um reflexo do que é a nossa sociedade e como ela funciona. Analisem realmente o que faz a Sophia chegar onde ela chegou e como. 

E é importante saber também que: mesmo que ela não tivesse se formado em uma faculdade, ela também buscou estudar e se informar. E a série Girlboss nos mostra isso. Porque a verdade é que: uma vez que a gente aprende o que é que a gente gosta, buscar uma formação, um meio de estudo e mais conhecimento se torna algo natural - seja ele através da faculdade, de cursos, livros, ou da própria internet. Se era uma empresa que ela queria criar, então ela precisava saber exatamente isso e ela correu atrás da informação (por mais básica que ela fosse, afinal todo mundo começa com o básico). Não achem que só porque ela não foi pra faculdade significa que ela não estudou ou tentou aprender sobre empresas, administração, marketing, entre outras coisas. 

Problematizem a Sophia, suas atitudes e sua personalidade, mas jamais achem que foi isso que a levou até lá. Tudo começou com uma ideia. 

E você, qual a sua ideia hoje?

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje que foi mais uma reflexão mesmo. Me contem nos comentários o que vocês acharam da série e o que aprenderam com elas. Compartilhem a postagem caso vocês tenham se identificado, porque isso me ajuda demais. E não se esqueçam de curtir o Quero Mais Pizza no Facebook e me seguir no @queromaisfotos, no Instagram.

Até o próximo post <3

sexta-feira, 21 de abril de 2017

50 LINKS DA SEMANA

Foto Retirada do site Pexels
Olá galera, o post de hoje é mais um post de Links para vocês, tem muitas indicações bacanas de vários links que eu fui reunindo nos últimos dias. Eu estou bem feliz que o que não falta aqui no blog é conteúdo. Eu venho conseguindo manter um cronograma de postagens frequentes e isso tem me alegrado.

Aliás, minhas aulas voltam nessa semana e eu espero que eu consiga me organizar para continuar produzindo. Porque meu maior problema sempre foi balancear faculdade com blog. Como faço design, os trabalhos tendem a ser grandes, difíceis e trabalhosos me tomando muito tempo e exaurindo minhas energias fazendo com que eu sempre deixe o blog de lado. Mas eu vou me organizar e o conteúdo vai continuar chegando, eu prometo. Até porque, o que mais tenho é ideias. 

Então vamos aos links dessa semana. Espero que vocês gostem.

Imagem Retirada do Pexels.
CINEMA, ARTE E LITERATURA



Imagem Retirada do Pexels.
MÚSICA, SHOW E EVENTOS


Foto retirada de @queromaisfotos. Fotografia por @fercandidoph.
MODA, COMPRAS & BELEZA



Foto retirada do site Pexels.
VIAGEM & CULTURA



Foto retirada do site Pexels.
DECORAÇÃO, ARQUITETURA E ESPAÇO URBANO

Foto retirada de @fercandidoph.
FOTOGRAFIA, EDIÇÃO & DESIGN




Foto Retirada do site Pexels.
BLOGS & MÍDIAS SOCIAIS




Foto Retirada do site Pexels.
JOGOS & TECNOLOGIA

Foto Retirada de @thaianelima.zip
VARIEDADES - ESPECIAL FEMINISMO



Esses foram os links de hoje gente, espero que vocês tenham gostado. Que se identifiquem com os links e que eles sejam muito úteis na vida de vocês. Alguns desses eu acho serem necessários que todo mundo leia e se informe. 

Me contem nos comentários o que vocês acharam do post de hoje e qual matéria mais ajudou vocês. Não se esqueçam de compartilhar a postagem para que mais pessoas conheçam os sites também. 

Curtam a página do Quero Mais Pizza, no Facebook e me sigam no @queromaisfotos, no Instagram. Eu lanço várias dicas ao longo da semana por lá e você pode ficar por dentro do meu dia a dia também.

Até o próximo post <3

quarta-feira, 19 de abril de 2017

#QUEROMAISLOOKS: NAS RUAS DO RIO


Nessa Quarta-Feira eu vou trazer mais um novo quadro aqui no blog: o Nas Ruas do Rio. Eu sempre fui uma pessoa mega observadora e uma coisa que eu AMO é ficar observando o estilo das pessoas na rua. Ou seja uni o útil ao agradável e surgi com o novo quadro: em que eu fotografo pessoas, assim, desconhecidas mesmo, na rua e trago seus looks de inspiração pra vocês aqui no Blog. 

Na verdade essa era uma ideia que eu já queria trazer há muito muito tempo, porém a cabeça de vento aqui vivia esquecendo de por a câmera na bolsa e hoje por um acaso, eu lembrei. Saí sem a menor intenção de encontrar ninguém (até porque não sabia nem se ia rolar a famigerada coragem para abordar as pessoas né), mas o resultado superou as minhas expectativas. Eu conheci pessoas tão incríveis por baixo de seus looks maravilhosos que eles acabaram ficando em segundo plano, porque a nossa conversa tava muito mais interessante (aliás me perdoem se falei demais, falo mesmo - preciso de uma trava às vezes).

Aqui só tem looks reais, de pessoas reais do dia a dia. São meninas jovens que curtem as lojas que todo mundo curte e mesmo assim conseguem trazer em si um diferencial nas peças. Espero que vocês gostem de verdade.




Eu vou falar um pouco das combinações que cada uma das meninas fizeram e vou dar umas dicas caso vocês queiram se inspirar em casa também. Algumas meninas eu não peguei o nome, pois foi a primeira vez e eu fiquei um pouco nervosa (sabe quando você começa a conversar com a pessoa que até esquece de perguntar pelo nome dela? Pois é). Mas para a minha primeira vez acho que foi bem melhor do que eu esperava.


TSHIRT COM ESTAMPA

A Rayza apostou numa peça super casual e quebrou a casualidade com uma saia midi estampada de animal print. Especialmente a estampa de oncinha que voltou com força esse ano, aliás é bom apostá-la em diferentes cores e com uma pegada mais fun (como a estampa da foto). Ela também combinou com acessórios folk (o chinelo, cinto, as franjas na bolsa e anéis), trazendo um ar mais boho para o look, mas sem parecer arrumado demais. Outra coisa super em alta são as T-Shirts com estampas da cultura pop, como essa da Alice. Aliás a grande aposta das Fast Fashions agora estão sendo os filmes de super heróis e Star Wars (as lojas vem acompanhando os lançamentos do cinema para estampar as camisetas). Se você faz o estilo mais básico e não tem tanta firmeza na mistura de estampas seria bom então mesclar blusas ou saias/shorts/calças lisas com uma estampada. Camisetas fun com uma saia preta ou branca. Saias florais com blusas brancas, rosa ou pretas. Fica super lindo também!


CAMISA COMO KIMONO

Uma das tendências que mais vai crescer esse ano é a sobreposição de peças e pra quem mora em uma cidade quente como o Rio de Janeiro, a melhor opção pra não morrer de calor é adaptar a sua camisa como um kimono e usá-la por cima do Look. Além disso com o look básico a estampa super quebrou a seriedade. Trazendo um ar diferente e divertido. E fica super confortável, ideal para o dia a dia, para ir a faculdade, para dar um passeio no shopping e etc. Além disso se não quiser usar por cima, pode amarrar na cintura que também fica show. 



A MODA É PARA TODOS

Para tudo que o assunto agora é sério: antes de eu falar das tendências do look, vamos todos parar e apreciar a linda da Dilma Moraes com 79 anos de idade e arrasando no seu estilo. Estamos no Século XXI galera, acabou esse preconceito de que terceira idade não pode ter estilo. Todo mundo tem direito de se vestir do jeito que estiver mais confortável. Todo mundo deve vestir aquilo que se sente bem. A Moda não tem idade, estilo tem a ver com a sua personalidade e não com a sua idade. Não limitem as avós, tias-avós, avôs, o que for de vocês... deixe que eles se expressem, que eles se libertem através das roupas. Todos somos iguais e carregamos o mesmo direito de gostar de moda e desenvolver um estilo próprio. Ufa! Agora vamos falar dessa paleta de cores MARAVILHOSA que a Dona Dilma escolheu. As cores fortes estão super em alta, principalmente quando chegar o verão: vai rolar muito verde, laranja, rosa pink... Ainda com essa jaqueta jeans (de um tom azul maravilhoso) por cima que super conversou com a scarf floral e a cor do vestido. Para não pesar demais ela combinou acessórios de tons neutros e terrosos adicionando, com sutileza, mais cor para essa paleta já incrível. Ah e para quem curtiu: a Dilma adora comprar em lojas como a Oh Boy, Sacada e Corpo & Alma.


MINIMALISMO & TOTAL BLACK

As cores favoritas de todo mundo permanecem, como em todas as temporadas. O Preto, o Branco e o Jeans nunca vão deixar nosso guarda roupa não é mesmo? E aqui eu encontrei esse casal maravilhoso todos trabalhados em duas tendências que carregam essas cores com força: o minimalismo e o total black. O minimalismo é famoso pela ideia de que "menos é mais" e com esse look super casual da Isabela, a gente consegue ter certeza disso. São peças que todo mundo tem no guarda-roupa, super fácil de combinar e mesmo assim fica estiloso. O Matheus optou por um total black limpo, da cabeça aos pés, combinando os acessórios em dourado para dar uma leve quebra. Ele está bem street style mesmo, combinando os caimentos e modelos muito vistos no hip hop, inclusive (o boné, a calça com caimento mais solto, a camisa larguinha). E olha só: eles costumam comprar muito em fast fashions. Renner, Forever21, C&A... ou seja: dá super pra se inspirar neles, sem pesar no bolso né? Ah e vocês também podem acompanhá-los em seus perfis do Instagram também: @zabeladeas (IG MARAVILHOSO O DELA, SIGAM) e @matheusvvi. Além disso a Isa tem um brechó gente, muito bacana né? Então sigam o ig dele também @razabbrecho.




DARK FLORAL

A estampa floral chegou e nunca mais foi embora né? E principalmente a sua variação: a dark floral, que seriam a estampas de flores em fundos escuros como o preto, o marrom, etc. A Kalline optou por usá-la em um vestido super soltinho, que já carrega detalhes que se destacam nas costas e por isso não pede muito mais coisa. Mas para diferenciar: ela acrescentou as clássicas argolas prateadas nas orelhas e combinou com uma bolsa de rebites mais pesadinha (dando um ar meio rocker pro look folk). Nos pés uma rasteirinha preta dá conta do recado para deixar bem casual e mais dia a dia. A Kalline confessou pra mim que adora roupas pretas e brancas, cores mais neutras especialmente por conta do cabelo ruivo, que já chama mais atenção. Ela também adora roupas largas e diferentes, mas ela também acha que o diferente precisa ser usado com moderação ("não dá para pegar muitas roupas diferentes e misturar no mesmo look, fica com muita informação" - dica dela, anota aí). Ela ama a Forever 21 (encontrei ela lá, aliás), FYI e Farm (apesar dela ter dito que vem se decepcionando com a qualidade das roupas da Farm). Ela também disse que costuma roubar muitas roupas da mãe e do pai (especialmente calças de cintura alta), quase tendo um brechó em casa. A Kalline também tem instagram: @kallinesinezio, sigam ela lá. 

E essas foram as pessoas incríveis que eu encontrei no meu pequeno passeio pelo Shopping ontem. Fala a verdade: vocês adoraram os estilos né? Eu fiquei apaixonada, gente. Amei esse estilo de post, conheci gente nova. Foi muito divertido. Eu espero que eu reencontre todo mundo por aí um dia (e quem sabe eles não aparecem de novo por aqui heim?). 

Uma amiga minha sugeriu ontem de eu criar um Instagram separado só com minhas dicas de achadinhos, looks de pessoas que encontro na rua, meus looks como dicas fashion pra vocês. Vocês gostariam disso? Seguiriam? O que gostariam de ver no IG? Me contem nos comentários e também quem foi o favorito de vocês né gente? Curtiram o post?

Compartilha também para que mais pessoas conheçam o Quero Mais Pizza e recebam essas dicas ótimas que rolaram aqui né? Não esqueçam de curtir a Página do Facebook e me seguir no @queromaisfotos, no Instagram. Rolou look por lá ontem, cês viram?

Até o próximo post <3