quarta-feira, 9 de julho de 2014

Brasil, Meu Brasil Brasileiro


Em nenhum momento eu expressei a minha opinião em relação à Copa esse ano. Nem aqui, nem no facebook, nem no tumblr ou em qualquer outra rede social. Mas hoje, pela primeira vez, venho deixar registrado minha perplexidade diante dos acontecimentos recentes.

Meu pai hoje de manhã veio me mostrar todo alegre, rindo à toa, dois vídeos de torcedores brasileiros. Em ambos os vídeos eles estavam revoltados com a perda de 7x1 pra Alemanha no jogo de ontem. 

Confesso que eu não achei graça dos vídeos.

O primeiro mostrava um homem tão revoltado com o resultado que logo após o jogo decidiu quebrar sua televisão - de acordo com o meu pai, uma TV cara de LCD. E ele socava com toda a força do mundo, destruindo mesmo, enquanto os familiares lhe imploravam "misericórdia".

Já o segundo - na minha opinião, o pior - mostrava um outro homem violento, irritadíssimo, na prisão. Ele literalmente havia sido preso por sua insatisfação com o placar. Estava tão desconsolado que partia para cima das outras pessoas gritando. E o que saia de sua boca foi o que mais me deixou chateada e o que me motivou a vir aqui digitar essas palavras.

Ele gritava: "Que vergonha! 7 a 1! Vergonha! Sinto vergonha de ser brasileiro. É um absurdo! Os brasileiros deviam estar envergonhados! Não queria ser brasileiro! 7 a 1!" Ele continuava a repetir sem parar. E me vi refletindo sobre suas palavras.

Vergonha? De ser Brasileiro?

Por causa de um jogo?

Não estou dizendo que é errado ficar triste, muito menos torcer durante a Copa. O Futebol faz parte de nossa cultura, mas daí a ter vergonha de nosso povo simplesmente porque nosso time perdeu um jogo em um campeonato internacional? E que sejamos sinceros, perder esse jogo significa estar entre os 4 melhores times do mundo. Então por que sentir tanto nojo de ser brasileiro?

Sentir vergonha de seu próprio país não é certo, mas se quiser um motivo para ter vergonha busque além disso: sinta vergonha das pessoas que morrem todos os anos em filas de hospitais, com falta de saneamento básico e comida, sinta vergonha dos níveis elevados de analfabetismo em nosso país, sinta vergonha dos bilhões de dinheiro gastos em projetos para melhoras a cidade que até hoje não foram terminados (alguns deles prometidos desde 1984 - pode procurar obra do Hospital Central de Cuiabá, obra do Metrô de Salvador e muitos outros projetos), sinta vergonha da falta de emprego e da desvalorização que damos às artes, à música e a nossa cultura, em geral.

Que por sinal, é belíssima e não se resume à apenas Futebol.

Fiquei sim, muito mais que chateada com tamanha ignorância a partir de certos brasileiros. Fiquei pensando por que não podemos ter orgulho do time por ter chegado aonde chegou, por que não podemos agir como a Costa Rica que apesar da eliminação recebeu seus jogadores de braços abertos, com festa e aplausos.

É verdade que não ligo para futebol e não me importo com a Copa, tampouco e não vou me incomodar em dar o sermão do tanto de dinheiro gasto ou sair por aí com um adesivo colado na testa dizendo que não vai ter Copa. Tem gente que gosta de futebol e se anima ao ver os times jogando e ok. Isso é legal. Mas por favor não se sintam envergonhados de ser brasileiros por causa de uma perda. Haverão outras Copas, haverão outros jogos.

E verdade seja dita, já ganhamos cinco vezes, por que não dar a chance pra um outro time dessa vez?

Tenham orgulho da sua cultura, da sua música, das lendas urbanas, da comida, das obras de artes, da literatura. E por que não? Do Futebol também.