sábado, 30 de maio de 2015

Os Meus Desenhos #1



Calma que não to falando dos desenhos que passam na TV. Há muito tempo atrás, em uma época distante eu fiz um post aqui no blog incentivando vocês a começarem a desenhar e hoje eu resolvi trazer uma proposta diferente. Resolvi mostrar os meus desenhos favoritos (que eu fiz) e contar um pouquinho tanto deles quanto da minha "evolução" como "desenhista". 

Espero que eles inspirem vocês a perder o medo do desenho e de tirá-lo do pedestal que é "não tenho talento pra desenhar". A verdade é que todos temos capacidade de aprender, pois o desenho assim como a escrita, a música, a dança vem com a prática. Um desenhista experiente pode "desaprender" se ficar meses sem tocar num lápis HB. Assim como alguém que nunca desenhou pode fazer um primeiro desenho lindo. Tendo feito o Curso de Design de Moda no Senai (por um período, pelo menos - compartilhei essa experiência aqui) eu pude conviver com gente que nunca havia tido nenhum tipo de experiência com o lápis e o papel e mesmo assim surgiam coisas incríveis. Então não desanime, se você acha que é um hobby legal e um jeito interessantes de passar o tempo então se joga.

Eu gosto de desenhar porque me acalma e estimula a minha criatividade, além de ser um ótimo jeito de passar o tempo, então espero que com esse post eu desperte em vocês a vontade de tentar também.



Esse desenho é muito especial pra mim, porque o Coragem sempre foi o meu personagem favorito do Cartoon, eu era literalmente apaixonada por ele. E por isso que quando voltei a me dedicar ao desenho ele foi um dos primeiros. Eu deixo ele guardado no meu quadro de imãs e tenho um carinho muito forte por ele. Então se você também estiver começando tenta escolher um personagem que seja importante pra você e ao mesmo tempo que não exija tanta técnica. O Coragem são traços simples, assim como a maioria dos Desenhos dos anos 90.



Esse desenho é um dos meus favoritos por dois motivos: foi o primeiro desenho que tentei experimentar o sombreamento (que tá muito ruim, sim, eu sei) e foi o primeiro desenho que representou um tipo de desafio pra mim. Ele exigia detalhes e na verdade o desenho original era muito maior, era um castelo inteiro mesmo, mas aqui quis representar apenas uma parte dele. Então a minha próxima dica caso você queira algo mais difícil é pegar uma parte de um desenho ao invés do todo. Assim você trabalha com proporção e aproximação. 



Quem disse que coisas simples não podem trazer resultados legais? Esse desenho eu copiei de um achado do Society 6 e sim, copiei. Porque copiar desenhos é um ótimo treino, especialmente se você é iniciante. É assim que você vai garantir que sua mão se acostume. Primeiro você usa de referências antes de tirar da sua própria cabeça. Você começa com desenhos, passa para fotografias, modelos vivos e então você pode começar a tentar da sua cabeça. Eu sou uma que tenho uma tremenda dificuldade para desenhar puramente da imaginação, então não se sinta mal de começar buscando por desenhos na internet e tentando reproduzí-los, todos estiveram no seu lugar um dia. E começar com coisas simples é na verdade o ideal, pois assim você evita se desapontar e assim evita o desânimo de deixar aquilo de lado.



Depois que você se acostumar a copiar desenhos simples então você vai poder exigir sempre mais de você. No caso eu achei essa coruja em um tumblr de desenhos e achei tão bonita que resolvi tentar, mas a técnica de pintura que eu usei foi bem diferente da do desenho original que foi feito com aquarela, já eu preferi usar o giz de cera. E essa é a minha próxima dica: aprender a se inventar na hora de colorir, não fique preso ao que o artista original usou (especialmente se você não tem técnicas para isso). Você pode se sentir livre para alterar o desenho ou a cor. 



É óbvio que eu não poderia deixar de mostrar esse desenho. Esse foi o primeiro croqui da minha vida. E, embora, tenha ficado muito diferente de como eu imaginei inicialmente porque eu não possuía técnica de desenhar tecido (e até hoje minhas técnicas não são muito boas, haha) improvisei do melhor jeito que podia. Mas o resultado me agradou e é bom para me lembrar das diferenças que os nossos traços vão passando até eles se manterem um só. 



Esse desenho eu fiz copiando duas obras de arte que estavam expostas no Museu de Arte Moderna de São Paulo no ano de 2014. Nesse ano fiz uma viagem pelo colégio para conhecer a cidade e para guardar de lembrança, não só do museu, mas de tudo o que passei naqueles poucos dias resolvi reproduzir os dois quadros e juntá-los em um desenho. Desenhe o que estiver a sua volta, você vai ver que isso pode ser um verdadeiro desafio. E não se sinta envergonhado de tentar, na viagem eu sentei no chão mesmo, abri meu caderno e pronto. 



A sua inspiração pode vir de qualquer lugar, uma paisagem, um quadro, uma foto, um livro ou nesse caso a capa de um livro. Esses desenhos eu tirei do livro O look da Thássia Naves, eu simplesmente achei a diagramação incrível e quis redesenhar no meu caderninho, só por enfeite mesmo. Você pode tirar desenhos legais dos lugares mais inusitados, assim como escritor busca sua inspiração nas horas mais diferenciadas, o desenhista procura por elas em lugares bastante diversificados também.



E para finalizar os desenhos de hoje, quero mostrar o último croqui que fiz (nessa manhã) com lápis aquarelável. E essa vai ser minha última dica do post não tenha medo de se arriscar com materiais novos. Mesmo se você não souber usar, improvisa e tenta. Se não ficar legal, tenta de novo. Dê novos motivos para eles, use materias inusitados como papel de jornal, colagem, e qualquer outra coisa que você possa inventar. Desenho é criatividade e imaginação. Não tenha medo de se arriscar.

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje, me digam o que acharam e se gostariam que eu mostrasse mais dos meus desenhos por aqui. Óbvio que eu só mostrei alguns poucos e tenho muito mais guardado aqui em casa, fora os que dei pro meu namorado e amigos. 

Eu sei que muito do que disse aqui já havia falado no post de dicas, mas achei bom repetir até porque dessa vez vocês puderam ver na prática (na minha prática pelo menos, como é). Esse último desenho foi o primeiro desenho que tirei inteiramente da minha cabeça e acho isso muito legal porque nunca tinha conseguido um resultado agradável antes fazendo isso. 

Deixem suas dúvidas aqui em baixo e me contem a experiência de vocês com o papel ok?

Comente com o Facebook!

4 comentários:

  1. Adoraria ver mais os seus desenhos, achei todos lindos <<3
    Parabéns pelo talento!
    Um beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mariane vc sempre por aqui haha <3 brigaaaaada <3333

      Excluir
  2. Que lindos, amei! Vc tem talento, eu nem tento kk, meu desenho é de criança haha! Bjs

    www.estherlopes.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. awwwwwwwwwwn esther brigada <3 <3 mas ó meu professor de desenho falava que a gente tem que desenhar que nem criança mesmo, sem preocupações então se joga miga

      Excluir